Iniciativa está prevista em plano de recuperação judicial; papéis serão oferecidos a investidores que já têm ações ON ou PN da operadora, incluindo ADS.

 

REUTERS • SÃO PAULO

 

 

A operadora de telefonia Oi protocolou junto à Securities and Exchange Commission, órgão regulador dos mercados nos Estados Unidos, os documentos para a oferta de até 971,1 milhões de dólares em ações ordinárias, prevista em seu plano de recuperação judicial, informou a empresa em comunicado ao mercado nesta terça-feira. As ações serão ofertadas para todos os detentores de ações ordinárias ou preferenciais da Oi, incluindo os detentores de American Depositary Shares, disse a empresa, acrescentando que ainda não há definição sobre o número de ações ordinárias a serem ofertadas, preço de emissão e número de ações que cada acionista poderá subscrever. "A Oi pretende listar os direitos de subscrição dos ADSs representativos de Ações Ordinárias na Bolsa de Valores de Nova York e pretende listar os ADSs representativos das Ações Ordinárias na Bolsa de Valores de Nova York sob o símbolo ticker 'OIBR-C'", disse a empresa.

Quanto custa um ERP?

Final da TV Analogica

Os pilares da Inovação de Marca