"O valor médio cobrado por metro quadrado para locação de imóvel residencial subiu 0,08% na passagem de julho para agosto, depois de ter alta de 0,06 no mês anterior. Os dados fazem parte do Índice FipeZap, divulgado ontem".

 

 

Fonte: DCI

 

Apesar das altas constantes, mas baixas, o valor do metro quadrado na comparação com o ano passado ainda apresenta certa fragilidade. Enquanto os preços avançaram 1,44% ante a agosto do ano passado, a inflação no período cresceu 4,19%, o que caracteriza uma queda real de 2,75% no ganho médio com locação de imóvel.

Quando analisado o soma do ano até agosto, o indicador aponta uma queda real de 0,78%, resultado da alta de 2,07% no preços e de R$ 2,85 da inflação. Entre as 15 cidades monitoradas, 3 registraram recuo no preço nominal: Fortaleza (-2,20%), Niterói (-1,94%) e Rio de Janeiro (-1,86%). Por outro lado, entre as cidades que acumularam alta nominal de preço, as maiores variações foram observadas em: Recife (+6,5%), Curitiba (+4,6%) e Distrito Federal (+4,1%). O preço mais alto do m² esta na cidade de São Paulo (R$ 37) / Da Redação

 

Quanto custa um ERP?

Final da TV Analogica

Os pilares da Inovação de Marca